Criciúma SC,

Cadastre seu e-mail       Página Inicial    Favoritos    Indique esta página     Divulgue seu ministério!

.

-

Home

Marketing Ministerial

Doações

Fotos

Músicas

Shopping

Sobre nós

Parceiros

Vídeos

Contatos

Artigos

Aulas de música

Cifras

Dança

Destaques

Fórum

Teatro

Técnica vocal

Vida de Adoração

Aprenda Piano

Blueberry

Google Adwords

Loja do Louvor

Artigos

Pregação

Igreja Batista

Goocrente

Musicas Evangelicas

 


Sim, todos os dias!
Às vezes
Não, nunca!


  resultados

 

 

 

 

 

Técnica Vocal - voz, como cantar, afinação, solfejo, canto, técnicas, aula

 

Trabalhando com um coral
por Raquel Emerick

Nada se compara ao valor de um coral bem ensaiado, bem organizado, com expressões faciais e corporais animadoras! Qual ministro de louvor não ficaria maravilhado em ter um coral de 50, 100, 200 ou mais pessoas, lhe auxiliando em sua ministração, fazendo com que a união de tamanha equipe somasse musicalmente e também espiritualmente?

Antes de continuar lendo este texto ajude-nos

a manter o site no ar. Bastar clicar aqui



Repito que nada se compara a um coral que ministra com excelência! No “Seminário Cristo para as Nações”, temos um coral maravilhoso e sempre reforço a idéia principal com eles: cada indivíduo do coral é um ministro de louvor. Não é simplesmente um monte de pessoas cantando alguma divisão de vozes!

Parece um efeito ‘bola de neve’, quando o coral inteiro se vê como ministros, como líderes no momento de louvor. A postura diferente gera uma força espiritual na ministração que é sem dúvida incomparável a se o ministro estivesse sozinho!

A união do Corpo de Cristo gera unção. Isso é Bíblico!

Então, quero deixar algumas dicas práticas.

1. Tenha um alvo. Escolha o repertório a ser ensaiado. Não se prenda a músicas antigas. Sempre tenha algo novo para apresentar! É bom ter músicas antigas com arranjos novos, roupagem nova. Mas não hesite em inovar sempre! Para seu alvo ser cumprido pense em estratégias que funcionem para seu grupo: Cada um adquirir um CD de ensaio simples, que contenha somente a voz de seu naipe.

2. Tenha sempre tempo para ensino. Durante os ensaios de seu coral, sempre busque ensinar – musicalmente e também estudos bíblicos. O povo erra por não ter quem os ensine. Separe momentos no início de cada ensaio para um devocional e estudos variados – divisão de voz, música na Bíblica, teologia do louvor, presença de palco, expressão corporal e facial, princípios bíblicos, etc.

3. Valorize os membros. Nada melhor do que um líder que enxerga pessoas, e não somente multidão. Seja compassivo, seja atencioso. Envie cartões de aniversário; observe os semblantes, olhares e tom de voz. Às vezes as pessoas chegam cheias de problemas, e um líder que as conhece bem, é capaz de encoraja-las com palavras, tirar alguns minutos para orar com elas, perguntar o que está acontecendo, se preocupar genuinamente, etc. Não ‘use’ os dons. ABENÇOE pessoas – afinal, este foi o ministério de Jesus!

4. Seja exemplo. Seja pontual. Seja uma pessoa de oração. Seja uma pessoa que busca aprender mais. Saiba ouvir sugestões. Aprenda a louvar em todo o tempo e nunca abrir os lábios para murmurar. Escolha a excelência – não ensaie umas poucas vezes, deixando que as músicas fiquem mal executadas! Busque excelência.

5. Resolva os conflitos. Se você é líder, deve observar sempre os relacionamentos do grupo entre si. NUNCA permita que as pessoas estejam com conflitos não resolvidos. A maior estratégia de satanás em meio a uma equipe é semear desunião. Quanto maior o grupo, mais atenção deve ser dada à união. Se o líder não confrontar e resolver os problemas de desunião, a força e eficácia da equipe serão minadas a cada dia. Lute pela união com todas as suas forças. Esse é um dos seus alvos principais como líder – manter a paz, ordem e bom andamento de sua equipe!

Raquel Emerick

 

Envie a alguém! Imprima! Discuta no fórum! Informar erro!


 

 

php hit counter

-